quinta-feira, 14 de junho de 2007

Noite de "Santos"

Foi uma das melhores noites que já vivi em Lisboa. Sem duvida! Ontem todos amamos esta cidade. Havia algo de diferente. As ruas eram as mesmas e as fachadas continuavam velhas e mal tratadas, mas a cidade em que noutros dias está vazia de gente, encheu-se de alegria e vida. Muitos foram os que vieram da grande Lisboa e deram alma à Lisboa velha.

Um ambiente fantástico para o qual também contribui o sotaque de Erasmus das pessoas com quem as minhas horas passaram. No nosso trajecto entre as ruas medievais de Alfama até as ruas Pombalinas sentiu-se uma energia que não se sente noutro qualquer dia. As pessoas que dançavam, comiam sardinhas, vendiam bebida ou simplesmente ocupavam a calçada fazem falta no resto do ano. É um escândalo quando em sítios como a Praça do Rossio moram apenas 3 pessoas!?!


Deixem Lisboa ser habitada por pessoas!


Acabem com os lobbies e burocracias, promovam uma reconstrução que não seja suportada e especulada pelos interesses megalomaníacos muitas vezes assinados por arquitectos da moda, não queiram uma cidade de apartamentos para colecção em condomínios fechados, façam uma lei das rendas ( e não da degradação), promovam uma requalificação dos espaços públicos de futuro e não de passado, sim!, sem carros, deixem os transportes públicos funcionar por si, com bicicletas (sem mitos) e crianças, revitalizem!, deixem os jovens ir à frente, sem medo!, onde é que estão as casa e residências de estudantes e quando é que temos "uma só" universidade?, apostem na educação e deixem os vosso filhos sair à rua.

fonte da fotografia, aqui.

8 | comentários:

José Lopes disse...

3 pessoas, segundo os autores do Projecto Baiza-Chiado

José Lopes disse...

*Baixa

tiago gonçalves disse...

obrigado pela correcção zé! é pena que esse projecto fique na gaveta com esta historia das eleições!
fica bem

Rosa disse...

É pena que a malta só se lembre da existência das ruas das zonas velhas de Lisboa em dias assim. Trazem uma vida imensurável àquelas ruas, mas no dia seguinte essa vida já foi varrida, juntamente com as toneladas de copos de plástico vazios.

Uma noite de festa, enfim, para mais tarde recordar.
Comó c$%&#o!

Puri disse...

ola de um dos erasmus.
tinha vergonha de escrever uma coisa neste blogue com o meu portugues povre, enquanto eu leia estas phrases poeticas.
seja como for como estao voces? Desjeo que a vossa resaca nao estivesse assim mau como a minha.
Ate ja

tiago gonçalves disse...

olá Puri! fico contente por teres vindo ao favacal... ;)
Comigo e com a Rosa está tudo fixe. a ressaca foi suave.. HEHEH... o blogue da Rosa é o Claras em castelo
O teu português é melhor que o de muitos portugueses... podes crer... vou dar um saltinho até ao teu blogue...
fica bem

renato disse...

HEY HEY HEY HEY ... ALFAMA É QUI IÉÉI!!
O grandioso vencedor do cortejo eheh


Tens razão, estava farto de ver o metro cheio de zombies, e as ruas ruidosamente desertas... Aquilo sim, foi vida a fluir, uma chama no coração da cidade! Ao menos um dia que seja raio...!
Foi uma noite gira =)
Cumprimentos

Capitao_Mostarda disse...

Excelente post!! Fiquei ainda com mais pena de não ter vindo.. =S Para o ano pode ser que cá esteja! lol